HODGES JR, Charles D. Depressão e Transtorno Bipolar: Ajuda e esperança para o enfrentamento eficaz. Trad. Samuel Fernandes do Nascimento Jr. / Lohana Pontes Machada. Eusébio/CE: Peregrino. 2015. 192 p.

Charles D. Hodges Jr, médico de família que atua em Indianápolis, Indiana, EUA. Graduado pela Indiana University School of Medicine, Liberty University e Liberty Baptist Theological Seminary em: medicina, aconselhamento e religião, também é doutor em medicina. É certificado em medicina da família, Geriatria e é terapeuta familiar licenciado. Dr. Hodges, ensina e aconselha no Ministério de Aconselhamento Bíblico do Faith Seminary (EUA) e ensina matérias médicas de aconselhamento bíblico pelos EUA e pelo mundo. Hodges é casado com Helen há mais de 40 anos, tem 4 filhos e 12 netos.

Depressão e Transtorno Bipolar, obra que examina se estamos em uma epidemia, ou se temos simplesmente um mal diagnóstico de tristeza comum como sendo depressão. O interesse do autor ao escrever a presente obra, era tratar de transtorno bipolar na intenção de explicar o explosivo crescimento do número de pessoas com este diagnóstico. A pesquisa atual na comunidade médica parece indicar que os critérios que usamos para diagnosticar a depressão resultaram em um crescente e incorreto rótulo de tristeza comum como depressão. Embora o tratamento médico seja a maneira comumente mais aceita de lidar com a dor e a tristeza, sua promessa de cura não foi cumprida. Em Depressão e Transtorno Bipolar: ajuda e esperança para o enfrentamento eficaz, o Dr. Hodges procura oferecer uma explicação para ajudar o leitor a ver a importância da tristeza e a esperança que Deus nos dá em Sua Palavra.

O livro é composto por 15 capítulos e dois apêndices. Os capítulos 1-3 abordam a leitura que a nossa sociedade faz da depressão e examinam as dificuldades com a forma dos diagnósticos feitos em nossos dias. Aparentemente, todos os envolvidos no tratamento da depressão concordam no que diz respeito à suas causas e cura, mas a pesquisa do Dr. Hodges revela muito desacordo neste campo.

Nos capítulos 4-5 o autor examina como a tristeza tem sido confundida com depressão. Como resultado, toda tristeza decorrente de perdas acaba sendo rotulada como depressão. Esta mudança significativa também foi devidamente documentada. Se toda tristeza decorrente de perda devesse ser tratada como depressão, estaríamos falando de uma epidemia!

Nos capítulos 6-13 Dr. Hodges considerou a esperança que Deus nos oferece em Sua Palavra, quando temos que enfrentar conflitos e tristeza. Angústia, ira, preocupações, são problemas para os quais a Bíblia oferece respostas. Nesta parte do livro, o autor usa casos individuais para considerar tais problemas.

Nos capítulos 14-15 o foco passa a ser o transtorno bipolar e as formas de ajudar as pessoas com este diagnóstico. Neste ponto, o autor argumenta que antidepressivos usados no tratamento para pessoas com tristeza comum rotuladas com depressão podem gerar comportamentos que apontam para um diagnóstico de transtorno bipolar. É possível que os tratamentos para depressão com medicamentos possam ser a causa de muitos sintomas que apontam para o transtorno bipolar. Em vez de tratar uma nova doença, talvez esteja tratando os efeitos colaterais do medicamento da doença anterior.

A leitura do livro em destaque foi bastante edificante e esclarecedor, apesar de muitas informações médicas, o autor escreve de maneira simples e usa diversos casos individuais que acaba tornando a leitura muito prática e de fácil compreensão. Sem sombra de dúvida esse é um livro que deve ter em sua estante, por duas razões: (1) Explosão de diagnósticos de depressão; (2) Conhecimento do assunto para um possível aconselhamento bíblico.

Existe um pecado que preciso confessar. Já havia visto esse livro em alguma livraria online, mas de primeira descartei a possibilidade de comprá-lo, apesar de ter interesse no assunto de depressão, recusei o livro por causa da capa. Sim, pequei em julgar o livro pela capa. Mas, lendo o livro vi o quanto ele é bom. Vale muito a pena lê-lo. Então, se você alguma vez cometeu o mesmo pecado que eu, confesse-o e deixe e leia o livro.

 

“A lei do SENHOR é perfeita e restaura a alma.
Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração.

(Salmo 19:7-8)