Sem dúvidas, esse tem sido um tema bastante debatido por muito tempo. Ainda mais, nos períodos em que são divulgados as pesquisas feita no planeta vizinho (Marte). Talvez, para muitas pessoas existe uma certa expectativa. Mas, será mesmo que existe vida em Marte ou em algum outro planeta? Quanto a isso, existe certa divergência, alguns acreditam que sim, outros não dão tanta importância, pois sabem que tal coisa não é verdade, como ET, disco voador, etc.

Certo dia, estava conversando com uma amiga minha que é cristã, e ela chegou a afirmar que acredita em vida em outros planetas, fiquei surpreso com essa afirmação, não estava esperando. Mas será que realmente existe vida em outros planetas? Minha posição é que ‘NÃO’ há vida em outros planetas e tentarei explicar o porquê dessa minha posição.

Em primeiro lugar, vamos supor que exista vida em outros planetas e que eles estão nos observando. A Bíblia nos informa que o pecado de Adão trouxe maldição não somente à esta terra, mas a todo universo. “Na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.” (Romanos 8:21-22). Toda a criação suporta angústias por causa do peso do pecado. O efeito do pecado de Adão foi universal! Se não fosse, então qual seria a razão de Deus destruir todas as coisas e fazer novos céus e nova terra? “Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão desfeitas. Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça.” (2 Pedro 3:10; 13). Portanto, se realmente existe vida em outros planetas em qualquer galáxia do universo, logo, ele será afetado pela destruição do universo, mesmo se ele não tiver cometido pecado, o que seria totalmente injusto.

Em segundo lugar, ainda pensando na hipótese de vida extraterreste. Quando Cristo tornou-se Homem, Ele veio a terra não apenas para redimir a humanidade, mas, também para reconciliar consigo mesmo todas as coisas “E, que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dEle, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.” (Colossenses 1:20). Portanto, a morte de Jesus Cristo, não poderia salvar possíveis ETs, pois, eles precisariam ser descendentes de Adão para que Cristo fosse o Redentor deles também. Mas, pelo o que sabemos, ETs não herdaram a natureza pecaminosa de Adão, porque não existem ETs.

Em terceiro lugarPode ser que alguém levante uma possível questão: E se Cristo também tiver morrido nos outros planetas para os redimir? A Bíblia deixa clara que Cristo morreu uma única vez e foi no planeta terra, especificamente em Israel “ao se cumprirem os tempos, se manifestou UMA VEZ POR TODAS, para aniquilar, pelo sacrifício de si mesmo, o pecado.” (Hebreus 9:26). Cristo não será morto e ressuscitado em cada planeta. Outro ponto que também é importante destacar. A morte e ressurreição de Jesus seriam necessárias para a edificação da Sua Igreja, Sua noiva. Portanto, Jesus tem apenas uma única noiva, Ele não é polígamo com várias outras noivas universo afora.

Eis a razão porque não acredito em vida fora do planeta terra. Espero que a abordagem tenha sido útil para esclarecer, caso alguém tivesse alguma dúvida sobre o assunto. É verdade que os meios de comunicação tem tentado nos fazer crer nesse assunto, mas, como bons crentes, devemos examinar as Escrituras.

“Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno.” (2 Pedro 3:18)